quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Linha editorial: a educação!

Quando criei este "blog", foi com a intenção de promover um espaço de partilha, troca de ideias, experiências, material, divulgação de notícias, ou seja, um espaço global dedicado essencialmente à problemática da Educação Especial.
No entanto, enquanto docente, não posso deixar de me alhear de todas as medidas, polémicas ou não, relativas à política educativa em geral! Afinal, considero-me um agente educativo activo!
Reconheço, todavia, que, nos últimos tempos, tenho centrado os assuntos abordados neste "blog" na polémica relacionada com a avaliação de desempenho dos docentes. Não poderia deixar de me envolver, talvez com alguma emotividade, embora o tenha procurado fazer com alguma ponderação.Trata-se de uma matéria respeitante a todos os docentes e, numa perspectiva mais ampla, transversal a toda a política educativa, com implicações, também, na Educação Especial.
Após todas estas manifestações, tomadas de posição, comunicados... tenciono voltar a centrar a minha atenção nas questões relacionadas essencialmente com a Educação Especial. Não ponho de parte voltar a abordar outras questões de política educativa! Mas vou tentar fazê-lo pontualmente. Existem vários "blog's" que têm por objecto analisar e opinar sobre as questões de política educativa, e fazem-no com mais acutilância e protagonismo. Nesse aspecto, presto-lhes a minha vénia!
Aos visitantes desta página, o meu sincero agradecimento! Os "blog's" existem para serem visitados, partilhados! Agradeço, também, e desde já, os contributos, as questões, as dúvidas... que vão colocando! A todos procurei, procuro e procurarei responder, dentro das minhas possibilidades!
Bom trabalho!

2 comentários:

Susel Gaspar disse...

Frequento este blog com alguma frequência e fico contente pelo "recentrar" da sua linha editorial em questões relativas à Educação Especial... Penso que agora uma questão que está na ordem do dia tem a ver com a avaliação dos Currículos Específicos Individuais:se é qualitativa; se é quantitativa; se pode ser qualquer uma, desde que tal esteja especificado no Programa Educativo Individual? Qual é a opinião do colega?

JAS disse...

Olá! Acerca do tipo de avaliação, este deve estar contemplado no Programa Educativo Individual, em função das áreas frequentadas. No meu Agrupamento, os alunos com Currículos Específicos Individuais têm uma avaliação "mista". Assim, às áreas curriculares desenvolvidas pelo docente de Educação Especial, a avaliação é normalmente qualitativa; às disciplinas frequentadas, onde seguem,genericamente, o currículo comum, como as expressões, a avaliação é quantitativa. A avaliação dos estágios pré-profissionais, no âmbito dos Planos Individuais de Transição, é também qualitativa. Penso que o tipo de avaliação deve ser adaptado à situação do aluno e à natureza do currículo das áreas/disciplinas que frequenta! Bom trabalho!